Caixa Livre » Centro Paulus, uma pousada sustentável em São Paulo

Centro Paulus, uma pousada sustentável em São Paulo



 

 

 

selo-ecohospedagem-hotel-visitado

 

 

Encontrar uma pousada em plena cidade de São Paulo já não é algo tão comum, agora encontrar uma pousada com ações sustentáveis é algo quase impossível… Mas nós encontramos e mais do que isso, nos surpreendemos!

 

Durante duas semanas rodamos a cidade de São Paulo em busca de opções de turismo sustentável. Encontramos ótimas opções de passeios e algumas boas opções de restaurantes, mas fomos positivamente surpreendidos pelo Centro Paulus, um meio de hospedagem localizado em Parelheiros, no extremo sul da cidade de São Paulo.

 

Nos surpreendemos pois além de estar localizado em meio a muito verde, proporcionando ao turista contato total e direto com a natureza, o Centro também possui uma estrutura muito bem preparada e cuidada, com quartos para todos os gostos, restaurante e salas espaçosos e ambientes para encontros e reuniões de grupos e tudo isso com muitas ações sustentáveis.

 

 

O Centro Paulus fica localizado a cerca de 50 minutos do aeroporto de Congonhas, no extremo Sul da cidade, dentro do Polo de Ecoturismo da cidade, tornando-se uma ótima opção de hospedagem próxima a diversos passeios de Turismo Sustentável da cidade.

 

Em nossa chegada somos recepcionados por Tulio, um dos proprietários do empreendimento, que durante um farto café da manhã nos conta um pouco mais da bela história do empreendimento.

 

Tulio nos conta que o local foi criado em 1981 pela Associação Tobias para ser um espaço para receber estudantes, professores e interessados em saber mais sobre Antroposofia, sendo um dos primeiros locais da cidade com este fim. Já na época, para abrigar os grupos, o espaço tinha quartos e centros de vivência para os participantes.

 

 

Com o passar destes 34 anos, novas opções para os estudos de Antroposofia foram criados na cidade e com isso o Centro Paulus começou a mudar sua atuação, tornando-se uma opção para grupos de estudos e de empresas que precisassem fugir da agitação da cidade mas sem se deslocar muito.

 

Mas o mais interessante é que em dado momento a Associação vendeu o espaço para os antigos funcionários, que investindo ali o que cada um tinha tornaram-se todos “donos” do empreendimento.

 

Hoje metade dos 14 colaboradores do Centro Paulus são na verdade sócios, tornando o lugar quase uma cooperativa, em que todos dividem os momentos bons e ruins também. Um ótimo exemplo de sustentabilidade, mostrando que um empreendimento não precisa, necessariamente, ter apenas um dono. Que é possível ser mais justo, trazendo reais benefícios para muitas pessoas. É só pensar diferente.

 

 

Os sete sócios atuais possuem diferentes atividades:

Antonio Nunes dos Santos – Gestão Logistica e “faz tudo” da pousada

Vera Lucia Caetano – Gestão Logistica

Adriana Marques – Chef de Cozinha

Flávia Santos – Assistente Admnistrativo

Viviane Cloos – Responsável pelas reservas e parte financeira

Marco Tulio – Diretor Geral e responsável pela Galeria de Arte Casa do Rosário

Luciano de Freitas – Administrador Financeiro

 

 

Mas esse é só o começo das ações socioambientais que vimos por lá. Por ser uma construção antiga (mas muito bem cuidada) os ambientes possuem grandes janelas, o que permite a entrada de luz solar e facilita a ventilação cruzada nos ambientes, diminuindo o consumo de energia elétrica com o uso de lâmpadas e ar condicionado e/ou ventiladores.

 

 

Por estar em meio a muito verde o empreendimento é todo rodeado de árvores, que trazem sombra para o local, diminuindo assim a temperatura ambiente. E é graças a estas ações que os quartos não necessitam ter ar condicionado, gerando assim uma grande economia de energia elétrica.

 

Outras ações sustentáveis são relacionadas a parte da alimentação servida na pousada. Pois além de trabalhar com cardápios personalizados para grupos, parte dos alimentos utilizados são adquiridos com pequenos produtores orgânicos da região (a zona sul de São Paulo é o maior polo produtor de orgânicos da cidade), além de trabalhar principalmente com pratos vegetarianos e prioritariamente da culinária local, e não usar saches individuais de alimentos.

 

 

Além disso, parte dos alimentos vem de uma horta do próprio empreendimento, e é Antonio, sócio e responsável pela horta que nos leva para conhecê-la. Ele é o faz tudo do Centro Paulus, e além de cuidar da horta, é também o responsável por pequeno consertos, limpeza em locais de difícil acesso e pela compostagem dos resíduos orgânicos que sobram das refeições.

 

Continuando na área externa, o empreendimento também realiza a separação dos resíduos recicláveis, evita ao máximo a pavimentação excessiva e possui uma trilha, que se inicia dentro da pousada e passa por dentro do Parque Natural Municipal do Itaím.

 

Outras ações de sustentabilidade desenvolvidas pelo empreendimento:

– Programa de reuso de tolhas e roupas de cama

– Colaboradores consomem apenas água de filtro, evitando o uso de embalagens individuais

– Possui livros disponíveis para hóspedes e colaboradores, incentivando a prática de leitura entre estes

– Expõe e vende produtos artesanais da comunidade e orgânicos, incentivando o desenvolvimento econômico da região

– Utilizou muito material reaproveitado ou reciclável na construção e decoração do empreendimento

– Roupa de cama e tolhas são secas no varal, evitando o uso de energia elétrica em secadoras de roupa

– Apoia diversos eventos da comunidade, seja financeiramente ou disponibilizando espaço para que elas aconteçam

– Recebe escolas da região para mostrar as atividades desenvolvidas na pousada

 

A estrutura do Centro é muito boa, pois além de ficar no meio de muito verde, possui  locais de descanso (como a varanda com redes e sofá em meio a grandes árvores), salas para uso de grupos e quartos bem diferentes um dos outros, todos com um ar antigo, mas muito bem cuidados e limpos.

 

Outra atração do Centro é a galeria de arte Casa do Rosário, uma galeria mantida por Túlio, que garimpa as obras de artes de diferentes artistas brasileiros. Mas o interessante é que normalmente as obras são de artistas não tão conhecidos e como forma de ajudar o artista Túlio compra todas as obras e as expõe depois na galeria.

 

 

A galeria não dá lucro ao Centro Paulus, mas foi a forma encontrada de colaborar com pequenos artesãos de todo o Brasil e, ao mesmo tempo, trazer cultura para uma região carente da cidade de São Paulo.

 

Ficamos impressionados com o Centro Paulus, tanto pela estrutura e cuidados do local, passando pelas ações sustentáveis, chegando na localização, que além de ser em meio a muito verde, é também dentro do Polo de Ecoturismo de São Paulo.

 

Para quem quiser conhecer um pouco mais dos atrativos do extremo sul da cidade, que são muitos, o Centro Paulus é, com certeza, uma ótima opção.

 

 


Mais informações do Hotel.

Rua Amaro Alves do Rosário, 102 – Parelheiros
(11) 5920.8933
www.centropaulus.com.br
Aposentos/tipo: 23 apartamentos e 08 quartos
Diária: R$ 220,00 o casal

 

 

Por Thiago Cagna. Consultor EcoHospedagem. Maio/2016

 

 

Veja mais sobre este e outros hotéis sustentáveis em nosso cadastro de hotéis sustentáveis.

 

Veja aqui os critérios para um hotel receber o “selo de hotel visitado”.

 

Ir Para Topo Da Página

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.