Temas Variados » Cidades Criativas – Bicicleta + Turismo = Turismo sustentável!

Cidades Criativas – Bicicleta + Turismo = Turismo sustentável!



Bicicleta + Turismo = Turismo sustentável!

Paris disponibiliza bicicletas gratuitamente por até 30 minutos para conhecer pontos turísticos.

Por Alice Ribeiro*

 

torre-eiffel-paris

 

Você sabe ou já ouviu falar de Cidade Criativa? O termo é recente, no entanto já existem no mercado livros que tratam sobre este assunto. Entre eles está Cidade Criativa de Ana Carla Fonseca Reis e Peter Kageyama. Os autores explicam que o conceito de cidade criativa refere-se à uma cidade que busca se desenvolver a partir de três premissas: inovação, conexão e cultura.

 

São cidades criativas aquelas que estão em constante mudança e procuram criar práticas e soluções inteligentes para problemas diários. São também cidades que não só valorizam uma noção sistêmica (visão do todo), como a interligação entre os bairros e os distritos, mas também as parcerias entre setores público e privado a fim de desenvolver melhorias na cidade. Sobretudo ações com foco nas artes, moda, gastronomia, arquitetura e design com o intuito de multiplicar a criatividade na economia visando um ambiente harmonioso.

 

É importante ressaltar que a idéia de cidade criativa surgiu a partir da necessidade dos habitantes de ter mais qualidade de vida e possibilidade de aproveitar mais a cidade. Além disso, quando ações como estas são colocadas em prática, o turismo local tende a ganhar prestígio e reconhecimento.  O que me faz lembrar uma frase que li:  “A cidade só é boa para o turista, se for boa para os habitantes”.

 

Um ótimo exemplo de uma ação desenvolvida nos moldes de uma “Cidade Criativa” são as bicicletas gratuitas de Paris. Este lugar maravilhoso que eu adoro tanto.

velib-velo-paris

Estação de “Velós” em Paris

 

A capital francesa implantou um sistema muito legal em julho de 2007, o VÉLIB ou Vélo Liberté, traduzindo para o português: Bicicletas Gratuitas. O projeto Vélib foi o primeiro no mundo a ser aplicado em grande escala que obteve sucesso. Inicialmente, foram disponibilizadas 10 mil bicicletas distribuídas em 750 estações na cidade. Hoje, Paris possui aproximadamente 20 mil unidades em mais de mil estações. O projeto deu tão certo que hoje é possível usufruir deste serviço em mais de 30 cidades na Europa, como: Bruxelas, Barcelona, Lyon, Munique e Berlim.

 

O Vélib foi uma solução inteligente encontrada para diminuir a poluição e congestionamento na cidade parisiense e diminuir doenças, o que acrescentou qualidade à vida dos parisienses.

Passear por Paris com uma vélo é bem simples. Primeiro é preciso ir até uma estação, em seguida inserir o seu cartão de crédito no terminal e pagar a taxa referente ao período que gostaria de usar (para períodos menores o uso é gratuito). Ex: um dia custa 1 euro, 7 dias custam 5 euros e um ano custa 29 euros.

 

Pronto! Você recebe imediatamente um código para retirar a bicicleta em qualquer uma das estações de vélos. O melhor disso tudo é que os primeiros 30 minutos não são cobrados! Se por um acaso, este tempo for extrapolado, são cobrados 0,20 centavos de euro por minuto.

 

velib-paris-velo-libre-service

Como as estações estão distribuídas por toda cidade, inclusive nos pontos turísticos, é possível passear por lugares incríveis sem gastar nada! Imagine algo como: pegar sua bicicleta na Catedral de Notre Dame e ir até a Torre Eiffel beirando Rio Sena e entregar a bicicleta. Observar a cidade inteira lá de cima, pegar outra vez a velo e ir até o Champs Elysée, chegando lá devolver novamente a bicicleta e sentar num café e descansar. Para mim, soa como o passeio perfeito (e sem gastar 1 centavo, apenas energia)!

 

O exemplo brasileiro!

estação de aluguel de bicicletas

Estação de bicicletas no Rio de Janeiro

 

Não tem planos de ir para Europa tão cedo para conhecer o Vélib? Sem problemas, nós já temos uma versão brasileira desta idéia! O Itaú em parceria com a prefeitura do Rio de Janeiro criou o projeto Bike Rio. A empresa responsável pela implantação e operação do Sistema de Bicicletas Gratuitas – SAMBA é a Serttel.

 

A cidade maravilhosa já possui 60 estações com mais de 600 bicicletas distribuídas em diversos bairros, como Copacabana, Ipanema, Leblon, Urca e outros.  Para usufruir destas bikes são oferecidas duas opções, como pagar uma mensalidade de R$ 10,00 e aproveitar a vontade durante 30 dias ou a opção diária que com apenas R$ 5,00 você pode passear pelo Rio de Janeiro por um dia inteiro.

Veja mais sobre o SAMBA  em

www.mobilicidade.com.br/bikerio.asp

 

 

Só para lembrar, o sistema SAMBA não existe somente no Rio de Janeiro. Quem for para João Pessoa poderá conhecer a capital paraibana da mesma aproveitando do projeto Pedala João Pessoa.

Na cidade de São Paulo também já está em funcionamento o sistema de aluguel de bikes. Por lá o nome é BIKESAMBA, e o uso é gratuito para até 30 minutos de uso e R$ 5,00 a cada hora adicional. Além da taxa mensal de R$ 10,00 para uso do sistema. Veja mais em www.mobilicidade.com.br/bikesampa .

Outra cidade que já adota o sistema de aluguel de bicicletas é a cidade de Sorocaba, interior de São Paulo. Lá o sistema chamado de Interbikes possui 120 bicicletas e seu objetivo é servir de alternativa de transporte na região central da cidade. O uso é controlado pelo cartão de ônibus já utilizado pela população. O sistema custa cerca de R$ 700 mil reais por ano aos cofres da cidade.

 

Essa prática já  começa a ser adotada em alguns empreendimentos do setor hoteleiro. Hotéis já alugam ou emprestam bicicletas para que seus hóspedes possam passear pela região. Veja mais em nosso post “Boas práticas – Estalagem TajMaua – Empréstimo de Bicicletas”.

 

É isso ai, os princípios da sustentabilidade estão presentes em vários lugares e viajar de forma consciente pode ser sim muito bacana!

 

Para terminar, um vídeo para você sentir o gostinho de um passeio de bicicleta na Cidade das Luzes.

 

*Alice Ribeiro é formada em hotelaria pelo Centro Universitário Senac em São Paulo. Em 2012, assumiu a diretoria operacional da agência de viagens Clube Turismo Campinas e criou o blog Devaneios Sustentáveis.

Contatos

Emails: [email protected]

Sites: www.clubeturismo.com.br/campinas

 

Comentários sobre este post? Clique aqui.

 

Veja aqui outras formas de deixar sua viagem mais sustentável.

 

Clique aqui para ver outras dicas simples de sustentabilidade.

 

Contribuíram com esta publicação

Revisão e edição de texto – Nathalia Pereira, Jornalista – www.nathaliapereira.com

 

Ir Para Topo Da Página

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.