Temas Variados » Crédito de carbono e turismo sustentável

Crédito de carbono e turismo sustentável



* Por Marina Dall’Anese, Neutralize Carbono

 

Entenda o que são os créditos de carbono e qual sua relação com o turismo sustentável.

 

O turismo ecológico é a modalidade de turismo que mais cresce no Brasil. Nosso país é conhecido por sua natureza exuberante e pela conservação ambiental e, devido a isso, o mochileiro em cachoeira turismo e sustentabilidadeturismo voltado para a apreciação da natureza tem sido cada vez mais procurado por brasileiros e estrangeiros. No entanto, justamente por ser um setor em crescimento, tende a gerar cada vez mais impactos sobre a natureza.

Quando o turista opta por um roteiro de ecoturismo deve prestar atenção não somente no destino que irá visitar, mas também em quais ações a agência de viagens e o meio de hospedagem em que ficará executam em relação às mudanças climáticas. Essas ações podem variar desde o uso de lâmpadas mais eficientes nos hotéis e o consumo consciente de recursos naturais, até a realização de um inventário de emissões de gases de efeito estufa – procedimento que permite quantificar o volume de emissões – e sua neutralização.

 

Entenda a diferença entre Ecoturismo e turismo sustentável.

 

Mas o que são mudanças climáticas?

efeito-estufa-turismo-e-sustentabilidade

Efeito estufa.

Fonte: www.ciencia.hsw.uol.com.br

 

 

Os chamados gases de efeito estufa (GEE) são responsáveis por manter o calor do Sol na Terra (figura 1), sem eles a temperatura média do nosso planeta seria 33ºC menor do que a atual, impossibilitando a sobrevivência da maior parte das espécies que conhecemos. A natureza sempre manteve um equilíbrio entre estes gases e a quantidade de calor mantida na Terra, mas a evolução das atividades industriais  e nosso padrão de consumo causaram um grande aumento na liberação de GEEs, desequilibrando o sistema de manutenção da temperatura do planeta e causando as mudanças climáticas.

O carbono, que está na forma de gás carbônico – CO2 – é o gás de efeito estufa mais citado, pois é o que proporcionalmente mais contribui para o aquecimento global (Figura 2); também são gases de efeito estufa: metano (CH4), óxido nitroso (N2O), clorofluorcarbonetos (CFC’s), entre outros.

 

 

O que pode ser feito?

 

Os GEE são emitidos pela maior parte das atividades humanas, desde o consumo de energia de uma residência até a queima de combustíveis de aviões, e mesmo sendo adotadas ações para reduzir essas emissões, é inevitável que deixemos de emitir estes GEE.

neutralizacao-de-carbonoAs emissões que não podem ser evitadas podem ser mitigadas. A forma mais eficiente de mitigar as emissões de GEE é a neutralização desses gases, que pode ser realizada através da alocação definitiva de créditos de carbono gerados por projetos ambientais certificados. Ou seja, a neutralização é um investimento em projetos ambientais que efetivamente reduzam emissões de GEE na mesma proporção em que estas emissões são geradas por nossas atividades diárias.

Créditos de carbono são reduções verificadas de emissões, 01 crédito de carbono, equivale a 1 tonelada de gases de efeito estufa que deixou de ser emitida.

A neutralização é assim chamada pois equilibra as emissões reduzidas de uma atividade, como uso de energias renováveis e captura de GEE , com as emissões de atividades como viagens aéreas, meios de hospedagem, deslocamentos terrestres, realização de eventos, etc.

Quando as emissões de gases de efeito estufa são neutralizadas através do uso de créditos de carbono se está – indiretamente – financiando a manutenção dos projetos ambientais que efetivamente reduzam essas emissões, sendo uma ação que auxilia diretamente o combate ao aquecimento global, além de também proporcionar a transferência de tecnologias limpas dos países desenvolvidos para os em desenvolvimento, como o Brasil.

São projetos que beneficiam a natureza e só são financeiramente viáveis se houver o dinheiro da venda dos créditos de carbono.

 

ponto-de-exclamacao-verde-sustentabilidade* Pense nisso! A melhor forma de evitar a produção de gases de efeito estufa é reduzindo o uso de recursos naturais e consumo de produtos ou serviços poluentes. Tente, sempre que possível, substituir o uso de transporte aéreo ou carro por outros tipos de transporte coletivo. Em sua casa ou hotel utilize lâmpadas, chuveiros, torneiras, vasos sanitários e similares que utilizem menos recursos. É impossível não gerarmos impactos, mas é possível reduzir esses impactos. Confira outras dicas para tornar sua viagem mais sustentável.

 

 

E o turismo?

 

Os turistas podem (e devem) verificar se a agência de viagem fornece opções de neutralização das emissões de GEE de seu transporte, seja terrestre, aéreo ou marítimo; e também se o hotel, pousada ou resort em que vai se hospedar apresenta inventário de suas emissões e se realiza ações para neutralizá-las.

Já as agências e meios de hospedagem devem estar sempre atentos às regulamentações direcionadas ao setor do turismo. Ainda não há diretrizes que os obriguem a controlar suas emissões de GEE, no entanto, esse cenário já está sendo desenvolvido no exterior – como a exigência da União Européia de neutralização de 30% das emissões de GEE das companhias aéreas.

Quanto mais as empresas envolvidas no turismo agirem pelo meio ambiente, mais resultados teremos no combate ao aquecimento global e consequentemente mais benefícios para toda a sociedade.

 

Hoje já existem empresas que conseguem calcular a quantidade de gases emitidos  durante toda a viagem, calculando os impactos do turista com o transporte aéreo, terrestre, hospedagem, alimentação, passeios, entre outros. Algumas empresas aéreas e hotéis já fazem esse calculo e dão a opção para que o viajante possa compensar essas emissões.

 

neutralize-carbono-logotipo-bmp_Marina Dall’Anese é Gestora Ambiental formada pela USP. Trabalha na empresa Neutralize Carbono que atua no mercado de carbono através da comercialização de Créditos de Carbono e realização de Inventários de Emissões de Gases de Efeito Estufa. Atualmente atua juntamente a agências de viagens neutralizando pacotes turísticos para todo o mundo.

 

 

Participe de nosso fórum e de sua opinião sobre este e outros empreendimentos sustentáveis.

 

Contribuíram com esta publicação

Revisão e edição de texto – Nathalia Pereira, Jornalista – www.nathaliapereira.com

 

Ir Para Topo Da Página

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.