O que posso fazer? » Dicas simples para tornar sua viagem mais sustentável!

Dicas simples para tornar sua viagem mais sustentável!



Viagens devem ser cheias de experiências novas e fantásticas. Você pode tornar suas viagens menos impactantes para o meio ambiente e ao mesmo tempo ter uma ótima experiência tomando atitudes muito simples:

 

Dê preferência a restaurantes e bares administrados por moradores da região.

 

artesanato2Compre artesanato e souvenirs produzidos pela comunidade local.

 

Desligue aparelhos eletro-eletrônicos da tomada e todas as luzes antes de sair de casa para viajar.

 

Use baterias recarregáveis! É bom para o ambiente e para seu bolso. Elas custam mais caro mas duram muito mais…É  uma questão de inteligência!

 

Pague um preço justo! Barganhe com humor e lembre-se que uma pequena quantia economizada por você pode ser uma quantia significante para o vendedor.

 

Peça permissão antes de tirar fotos de pessoas e de suas casas e não sinta-se ofendido se estes negarem seu pedido.

 

Alugue carro apenas em último caso. Usando transporte público, bicicleta e caminhando você agride menos o ambiente e terá a oportunidade de conhecer mais de perto a cultura local.

 

Guias de viagem são boas fontes de informação, mas conheça profundamente o destino através de conversas com moradores, visitando locais fora do “eixo turístico” e criando seu próprio itinerário.

 

Doe seu guia de viagem e brochuras já utilizados para outros turistas ou, quando possível, deixe-os em sua última acomodação.

 

Informe o responsável do hotel caso encontre vazamentos de água ou desperdícios de energia.

 

Dê preferência a vôos sem escalas e por companhias que possuem programa de neutralização de carbono.

 

praia2011guaruja1Visite os locais mais procurados fora da temporada. Os preços são mais baixos e o impacto do turismo é menor.

 

Leve ecobags na bagagem para compras nos supermercados, roupas sujas, lixo e para trazer lembranças.

 

Consuma produtos locais e da estação, esqueça um pouco alimentos fast foods. Lembre-se: gastronomia local também é cultura.

 

Evite comer peixe de água salgada longe do mar. O custo de transporte e energia é altíssimo.

 

Não leve seu cão para praias, cachoeiras e outros recantos ecológicos.

 

Se tiver que alugar um carro (dê preferência a meios de transporte mais “limpos”) opte pelos veículos híbridos ou com motor flex.

 

Contrate apenas guias treinados e certificados e de preferência da comunidade local. Além de serem bem preparados, eles conhecem mais a região e suas histórias.

 

indios-criancasRespeite a cultura local e suas tradições! Vista-se adequadamente, respeite os locais religiosos, não compre o que não é “vendável”.

 

Reduza seu lixo. Tenha sempre uma garrafa de água reutilizável com você. Nunca jogue lixo na praia ou nas trilhas.

 

Aprenda algumas palavras na língua local. Sua recepção será muito mais calorosa caso mostre conhecimento da cultura e do idioma local.

 

Incentive as boas práticas! Caso você conheça um empreendimento com boas práticas indique-o a amigos e familiares (e a nós também). Essas empresas agridem menos o ambiente e trazem benefícios a muitas pessoas.

 

Evite abusar da extravagância. Evite demonstrações exageradas de riqueza. Não encoraje crianças a mendigar.

 

Ao pesquisar por hotéis pergunte sobre suas práticas sócio-ambientais. Quanto mais questionarmos sobre essas ações mais o setor passará a persegui-las.

 

Evite as redes de restaurantes. Eles utilizam alimentos importados, mandam grande parte do lucro para fora da comunidade e destroem a cultura e a variedade local.

 

neutralizacao-de-carbonoFique um pouco mais. Cerca de 75% das emissões durante uma viagem são devidas ao transporte. Ficando mais você quase não emite CO2 e ajuda a comunidade a aumentar sua renda.

 

Anuncie sua preferência por não trocar roupas de cama e toalha todos os dias.

 

Prefira utilizar ventilador ao invés de ar condicionado. O consumo de energia é em média 12 vezes menor.

 

Veja aqui outras formas de deixar sua viagem mais sustentável.

 

Clique aqui para ver outras dicas simples de sustentabilidade.

 

Thiago Cagna – Consultor EcoHospedagem

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.