Temas Variados » Duas mulheres, duas famílias, um trabalho: Ajudar o meio ambiente

Duas mulheres, duas famílias, um trabalho: Ajudar o meio ambiente



 

 

O artesanato é uma das melhores formas de se trazer benefícios para moradores das comunidades locais, é uma forma de distribuir a renda e fazer com que o dinheiro, principalmente dos turistas, não se concentre na mãos de poucos. É ainda uma forma de expressão cultural, um verdadeiro patrimônio de cada comunidade.

 

Já para quem compra um artesanato, é a garantia de que terá uma peça única, diferente de qualquer outra, visto que esta é uma característica do trabalho artesanal. Uma peça nunca é igual a outra.

 

 

E quando duas mães de família, que além de terem encontrado no artesanato uma forma de expressar sua criatividade, obtêm sua independência financeira e ajudam nas contas da casa, e ainda utilizam resíduos descartados para fazer suas obras, seus trabalhos ganham ainda mais importância.

 

Nesta matéria vamos contar mais sobre o trabalho de duas artesãs, mães de família, da cidade de Itajaí, localizada no litoral catarinense, que fazem suas obras utilizando materiais como calça jeans usada e retalhos de pano, escamas de peixe e sementes de árvores.

 

Na loja do Portal EcoHospedagem você pode comprar o belo trabalho das artesãs Eliane e Jucélia, além de muitos outros produtos relacionados a sustentabilidade -> loja.ecohospedagem.com.br

 

 

 

Eliane e suas corujinhas

 

Eliane que é pedagoga formada trabalhou até 2008 como secretaria de uma escola na região, mas por gostar de artesanato decidiu deixar tudo e dedicar-se apenas a arte. A artesã, que diz gostar de artesanato desde criança, montou seu ateliê em casa, onde mora junto com o marido e com o cachorro e faz suas obras utilizando retalhos de pano, que pega ou compra em fabricas da região e calças jeans, que são doados por conhecidos.

 

 

 

A maioria de seus trabalhos, porta moedas, porta celular, lixeiras de carro e esconde chaves, são confeccionados em forma de coruja, o símbolo da sabedoria, e símbolo também dos pedagogos. Todos os seus trabalhos são feitos a mão e os acabamentos são feitos com costura interna fazendo com que fiquem impecáveis.

 

As lixeiras de carro feitas com calça jeans usam o próprio bolso da calça como porta trecos, e também possuem revestimento interno em plástico, evitando que sejam manchados por líquidos ou similares. Todos os produtos da artesã são laváveis.

 

 

Hoje a maior parte de seus artesanatos é vendido em feiras que acontecem na região, além de participar, desde 2009, da associação de artesãos da cidade de Itajaí, o que lhe permite vender seus produtos na loja fixa que existe na cidade, além das feiras montadas para recepcionar os turistas que chegam nos cruzeiros que param na cidade.

 

Eliane nos conta que ainda depende da renda de seu marido, principalmente na baixa temporada, mas não se arrepende de ter trocado a vida de pedagoga pelo artesanato, seu sonho de criança.

 

 

Na loja do Portal EcoHospedagem você pode comprar o belo trabalho das artesãs Eliane e Jucélia, além de muitos outros produtos relacionados a sustentabilidade -> loja.ecohospedagem.com.br

 

 

 

Jucélia e seu belo trabalho com escamas de peixes e sementes

 

O trabalho realizado pela artesã Jucélia é algo bem peculiar, bem diferente da maioria dos artesanatos que já conhecemos. A artesã possui duas linhas de trabalho principais, que é o trabalho com escamas de peixe secas e pintadas e também o trabalho com sementes de arvores encontradas na região onde a artesã mora.

 

Jucélia nos conta que sempre trabalhou com artesanato e um dia um vizinho seu lhe deu algumas escamas e ela já viu, na escama quase que uma pétala. Então começou a pensar em meios de transformar aquilo em flores.

 

 

 

Hoje o processo para transformar escamas de peixe em pétalas tem sete fases. Depois de pegar as escamas (Tainha ou Corvina) no mercado público da cidade, a artesã as lava e depois deixa no cloro de um dia para o outro. Depois as escamas são lavadas novamente e colocadas para secar a sombra. Em seguida são coloridas, usando normalmente produtos naturais, como beterraba e cebola e depois são coladas uma a uma até forma a bela flor.

 

Como não poderia ser diferente, as hastes das flores também são feitas de materiais naturais, encontrados na natureza. A irmã da artesã, que possui alguns coqueiros em casa, sempre leva as folhas que caem para Jucélia, que trata de tirar suas fibras uma a uma e seca-las, transformando-as em resistentes, bonitas e naturais hastes.

 

 

As flores ainda podem se transformar em um belo buquê, que recebem a companhia de sementes de árvores, que são furadas e colocadas nas hastes das folhas de coqueiro, funcionando como a folhagem do buquê.

 

Outra alternativa é colar as escamas uma a uma em uma bola de isopor até formar os bolas decorativas de escama de peixe ou ainda pequenos bonsai, um trabalho artesanal, ecológico e que vai durar para sempre! Algo realmente único e diferente.

 

 

E nos mostrando que a criatividade não tem limites, Jucélia ainda faz pratos decorativos de escamas de peixe. Algo simples, feito forrando-se pratos de acrílico com as escamas secas, mas que viram belas peças decorativas para serem usadas sozinhas ou ainda com as bolas de escama.

 

E como nas criações de Jucélia quase tudo é feito por ela, com os vasos dos bonsais não poderia ser diferente. Todos eles são reaproveitados ou feitos por ela. São vasos revestidos com pedacinhos de madeira cortados e colados um a um, ou então vasos usados cobertos e decorados com filtros de café usados.

 

 

Inclusive, este é mais um resíduo que a artesã encontrou formas de dar vida nova! Além de ter forrado toda uma parede de sua casa com filtro de café usado, doado por amigos, ficando como um papel de parede, a artesã usa os filtros de café para forrar os vasos e também decorar garrafas de vidro.

 

A artesã, que possui cinco filhos homens já criados, desenvolve todo seu trabalho em casa, localizada em uma pequena praia de Itajaí,  e vende seus produtos em feiras da região e lojas de artesanato da região, além de sempre participar das feiras organizadas para receber os cruzeiros que param na cidade.

 

 

Mas hoje, ainda, Jucélia não consegue viver apenas do artesanato como gostaria e por isso ainda faz bicos como diarista em casas e hotéis da região.

 

“Receber pedido dos meus artesanatos, ai meu deus, vou adorar né, trabalhar com uma coisa que eu gosto”

Jucélia Santos

 

Outro trabalho excepcional desenvolvido pela artesã são os bonsais de sementes ou cascas de sementes. Independente da semente, isso depende das matérias primas que ela ganha de amigos (como é o caso das cascas de pistache) ou das sementes que ela encontra na região, a artesã as cola uma a uma e as transforma em belos, duráveis e ecológicos bonsais. Todos contando com os vasos revestidos artesanalmente pela a artesã.

 

 

Na loja do Portal EcoHospedagem você pode comprar o belo trabalho das artesãs Eliane e Jucélia, além de muitos outros produtos relacionados a sustentabilidade -> loja.ecohospedagem.com.br

 

 

Thiago Cagna. Consultor EcoHospedagem.

 

Contribuíram com esta publicação

Revisão e edição de texto – Nathalia Pereira, Jornalista – www.nathaliapereira.com

 

Ir Para Topo Da Página

 

 

Deixe seu comentário também!

Comentários



Uma Resposta para Duas mulheres, duas famílias, um trabalho: Ajudar o meio ambiente

  1. amei em saber das criatividades desta mulher sou apixonada por artesanatos seja o tipo que for e gostaria de poder aprender mais tipos de artenasatos meus parabens senhora amo ver pessoas criativas DEUS A ABENÇOE SEMPRE .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.