Temas Variados » Mercado Municipal, Vila Madalena e Estádio do Pacaembu. Turismo em São Paulo

Mercado Municipal, Vila Madalena e Estádio do Pacaembu. Turismo em São Paulo



Bairro do Pacaembu

 

Na segunda de cinco matérias sobre as opções de turismo em São Paulo, a maior cidade da América do Sul, e uma das 10 maiores do mundo, vamos mostrar um pouco mais sobre Mercado Municipal, a região da Vila Madalena, o Estádio do Pacaembu e a região da Luz e do Bom Retiro. Um pouco de turismo cultural, esportivo, turismo de compras, comidas típicas e artes!

 

São Paulo é assim, tem um pouco de tudo, e para todos!

 

 

Outras matérias da série “São Paulo, uma cidade para todos os gostos”

-> Ecoturismo, Turismo Cultural, Turismo Rural e Turismo Comunitário na cidade de São Paulo <-

-> Caminhada pelo centro de São Paulo <-

-> Passeio de bike pelas ciclovias de São Paulo <-

-> Avenida Paulista, decoração de Natal e feiras <-

 

Mercado Municipal de São Paulo

 

Mercado Municipal, o Mercadão

 

No centro de São Paulo, ao lado da rua 25 de Março, o centro popular de compras de São Paulo, encontramos um dos pontos turísticos mais famosos da cidade, o Mercado Municipal. O Mercado, inaugurado em 1933, é um importante entreposto comercial de frutas e verduras da cidade.

 

Durante a noite e inicio da manhã são as vendas no atacado (para donos de restaurantes, lanchonetes e buffets) que movimentam o Mercadão, já no restante do dia, e principalmente nos finais de semana, os corredores e mesas do Mercado Municipal são tomados por turistas de todo o Brasil e do mundo.

 

Cruzamento da rua 25 de Março com ladeira Porto Geral

 

Em uma visita a um dos restaurantes e bares localizados no segundo andar, é comum ouvir conversas em outros idiomas, situação que já influenciou os donos dos empreendimentos a incentivarem e pagarem cursos de Inglês para seus funcionários.

 

O Mercadão conta com mais de 250 estandes das mais variadas especialidades. De peixarias à loja de cervejas importadas, passando por barracas de frutas exóticas, casa de carnes, entre outros. E não importa o dia e o horário, o local está sempre cheio.

 

Parque da Luz

 

O Mercado Municipal tornou-se uma atração obrigatória para os turistas que visitam São Paulo devido a sua grande variedade de produtos, industrializados e naturais, por lá são encontrados diversas opções de queijos, salames, linguiças, carnes, azeitonas, patês, frutas e por ai vai… Sendo que grande parte dessas guloseimas podem ser experimentadas pelos clientes antes de comprá-las.

 

O colorido das barracas de frutas e os aromas das barracas de especiarias dão um charme todo especial ao ambiente.

 

Bairro do Bom Retiro

 

Na parte de trás do mercado, distribuídos em dois andares, ficam os bares, lanchonetes e restaurantes. É lá que encontramos o famoso sanduíche de mortadela, o pastel de bacalhau e o tradicional “Chops” paulistano. A única recomendação é um pouco de paciência nos finais de semana, pois conseguir uma mesa para se sentar pode ser um missão bem difícil.

 

 

Estação da Luz

 

Outro ponto turístico muito famoso de São Paulo, e que fica bem próximo ao Mercadão é a Estação da Luz. Aberta ao público em 1901, foi durante muito tempo considerada a sala de visitas de São Paulo, já que a maioria das pessoas que chegavam à cidade o faziam por lá.

 

Plataforma da Estação da Luz

 

Hoje, além de ser um importante entroncamento entre diferentes linhas de trem e de metrô, a estação é palco de muitas gravações de comerciais e novelas, e destino de muitos turistas. Depois de muitas reformas e revitalizações, a última ocorrida em 2010, a construção impressiona tanto por fora como por dentro.

 

O turista tem livre acesso à parte interna da estação, bem como as plataformas que cruzam os trilhos, permitindo uma visão muito legal do movimento de pessoas e trens logo abaixo.

 

Mosteiro da Luz

 

A região da estação da Luz possui muitos outros atrativos, como o bem cuidado e movimentado parque da Luz, a Pinacoteca do Estado, um museu de artes visuais, com ênfase na produção brasileira do século XIX até a contemporaneidade, o Museu da Língua Portuguesa e o bairro do Bom Retiro, famoso pela grande quantidade de lojas de artigos de vestuário e por sua diversidade cultural, já que ali moram muitos Koreanos, Bolivianos e Judeus.

 

Na região também encontramos a famosa “Rua das Noivas”, o Mosteiro da Luz, que abriga o Museu de Arte Sacra, o Batalhão Tobias Aguiar e a Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora.

 

Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

 

Além de conhecer os atrativos da região, uma sugestão são os passeios de trem que partem da Estação da Luz. O Expresso Turístico é um serviço ferroviário inaugurado em 2009 pela Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos e pela CPTM. As viagens são feitas a bordo de um trem tracionado por uma locomotiva a diesel, fabricado na década de 60. Um prato cheio para os mais antigos e uma viagem diferente para os mais novos.

 

Hoje são três opções de passeios partindo da Luz, com os destinos Jundiaí, Mogi das Cruzes e Paranapiacaba, com paradas para visitar as cidades e tempo de sobra para fazer uma boa refeição e comprar produtos locais.

 

 

 

Estádio do Pacaembu e Vila Madalena

 

Outros dois pontos turísticos muito famosos da cidade são o estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, localizado no centro da cidade e o agitado bairro da Vila Madalena, na zona oeste da cidade.

 

O estádio do Pacaembu, inaugurado em 1940 e palco de muitas decisões do futebol paulista, brasileiro e até mundial, é um estádio municipal. Mas, apesar disso, é considerado a casa do Sport Clube Corinthians Paulista.

 

Atualmente, além de receber jogos do Corinthians e com menor frequência dos outros times da cidade, o estádio também abriga o novo e muito bonito, Museu do Futebol, o único museu no mundo voltado exclusivamente para o futebol sem ter ligação com nenhum clube específico.

 

A pouco mais de três km de distância do Pacaembu fica o bairro da Vila Madalena, famoso pela grande quantidade de bares, restaurantes e casas noturnas que atraem milhares de jovens de classe média durante as tardes e noites de sexta, sábado e domingo.

 

Além dos bares a região possui também muitos ateliês, que normalmente ficam com as portas abertas ao público durante os finais de semana. Outra atração do bairro é o Beco do Batman, um pequeno quarteirão que possui as paredes pintadas por artistas de rua. As obras, que são frequentemente renovadas, são uma ótima pedida para quem estiver passando pela região.

 

Beco do Batman, Vila Madalena

 

Thiago Cagna. Consultor EcoHospedagem.

 

Contribuíram com esta publicação

Revisão e edição de texto – Nathalia Pereira, Jornalista – www.nathaliapereira.com

 

Ir Para Topo Da Página

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.