Melhores Práticas » Mídia Espontânea e Sustentabilidade. Propaganda gratuita para sua empresa!

Mídia Espontânea e Sustentabilidade. Propaganda gratuita para sua empresa!



 

Você sabe o que é mídia espontânea? E qual sua relação com a sustentabilidade?  Veja qual os benefícios e quem já se utiliza das ações de sustentabilidade para gerar mídia espontânea.

 

Com sempre dizemos aqui no Portal não é errado fazer propaganda das ações de sustentabilidade que seu empreendimento realiza, pelo contrário, o errado é não divulga-las, pois a partir do momento que elas são mostradas para os públicos interessados (clientes, colaboradores, fornecedores e outros) essas práticas podem ser copiadas e cobradas e assim as boas ideias se espalham.

 

greenwashing_maquiagem_verde ecohospedagem turismo e sustentabilidade

O que muitas empresas fazem, e que é conhecido como Greenwashing ou Maquiagem Verde (veja mais sobre o tema aqui), é anunciar práticas sustentáveis que não realizam, ou anunciar mais do que fazem, ou ainda fazerem muito pouco e se intitularem sustentáveis. Isso sim é errado e é isso que temos que combater.

 

O Portal EcoHospedagem desenvolveu um check-list simples, para ser aplicado por qualquer pessoa, para verificar se um hotel é mesmo sustentável ou se faz apenas o básico. Veja aqui o check-list.

 

Mas para você que desenvolve boas ações socioambientais, que tem a sustentabilidade inserida na estratégia de seu empreendimento, vamos mostrar porque é importante usar estas ações para criar mídia espontânea para sua empresa. Mostraremos também algumas empresas que realizam muito bem esse trabalho.

 

 

Mídia Espontânea

 

A mídia paga ou propaganda é a mensagem veiculada e paga por um patrocinador (organização) e identificada com seu nome ou marca. Já a mídia espontânea, normalmente trabalhada através da assessoria de imprensa, são notícias divulgadas pela organização e veiculadas nos veículos de comunicação como matérias jornalísticas.

 

A mídia espontânea, gerada a partir de uma estratégia de comunicação bem planejada, pode render visibilidade e, principalmente, credibilidade ao seu produto/serviço e em alguns casos até mais que a mídia paga, uma vez que a propaganda fala bem de si mesmo.

(Fonte:www.aprendendoparaempreender.com.br)

 

O grande diferencial entre a mídia paga, que mostrará uma comunicação desenvolvida por uma agência para captar o máximo de atenção possível do seu público-alvo, e da mídia espontânea, que mostrará os seus principais benefícios e cases de sucesso, está no aval de terceiros, geralmente confiável (revista, jornal e etc.), que tem um compromisso com seu público e por isso já possui a credibilidade suficiente em suas palavras.

(Fonte: www.groundz.com.br)

 

Notícia publicada do site na Unimed

Unimed tem publicidade espontânea equivalente a 196,4 milhões em 2010. No ano a organização ocupou 3.117.684 cm² em mídia impressa e internet, espaço que custaria 196,4 milhões se fosse pago pela organização. Além de a mídia espontânea contar com maior confiança dos consumidores.

 

 

Exemplos de mídia espontânea

 

Notícia publicada no site organizaçãoverde.blogspot.com

Na edição de Janeiro deste ano da Women’s Health Brasil, a revista dedicou 04 páginas, entre fotos e textos, para destacar 04 pequenos meios de hospedagem brasileiros por suas ações de sustentabilidade ambiental. Chamando as ações de cada PMH como pacote sustentável, as jornalistas Gislene Pereira e Juliana Diniz escolheram os empreendimentos, a partir daqueles que receberam o selo de sustentabilidade do Guia 4 Rodas Brasil 2011.

 

Além de listar os pacotes sustentáveis, a matéria destacou as atrações naturais dos destinos em que os PMHs estão localizados, a infra-estrutura e os excelentes serviços dos PMHs, além de listar seus contatos.

Fonte: www.abihbrasil.blogspot.com

 

 

Reportagem publicada no site ecoviagem do portal UOL

Hotel carioca torna-se referência em sustentabilidade

10 de Fevereiro de 2011. Publicado por Vininha F. Carvalho

O objetivo da reforma do tradicional hotel Le Mèridien, no Rio de Janeiro, uma das cidades turísticas mais famosas do mundo, era o de transformá-lo em um novo hotel da rede Windsor, de acordo com as práticas de sustentabilidade mais eficientes utilizadas em projetos de engenharia, como a diminuição do consumo de recursos naturais.

hotel-windsor-atlantica-rio-de-janeiroDesse modo, a parceria com organizações responsáveis em relação à preservação do meio ambiente e que oferecem soluções verdes foi um critério estabelecido desde o início da obra e tido como imprescindível para seu andamento. Com inauguração prevista para dezembro do ano passado, o novo hotel recebeu o nome Windsor Atlântica e será referência em sustentabilidade no segmento hoteleiro.

Segundo Jorge Craveiro, engenheiro da Becran Engenharia e responsável pelo projeto, o novo hotel conta com uma área total de 40.000 m², distribuídos em 39 andares e três subsolos. Tudo isso para abrigar 545 quartos, três restaurantes, um spa, academia, duas piscinas e 17 salões de conferência.

“Em uma obra com essa dimensão, a busca por alternativas que contribuam com a preservação do meio ambiente é imprescindível, já que o consumo de água e luz é constante”, comenta.

Além disso, Craveiro ainda ressalta que o desenvolvimento de novas tecnologias ambientalmente responsáveis deve ser priorizado pelas organizações. “A parceria com quem investe no desenvolvimento de produtos verdes, como a OSRAM, não é apenas uma tendência, mas um imperativo no mercado hoteleiro”, afirma.

Entre os destaques do projeto estão a reutilização de água de chuveiros e lavatórios e águas pluviais nas descargas dos vasos sanitários e a aplicação de produtos economizadores de energia em praticamente todos os ambientes internos, como quartos, corredores e salões de convenções, onde foram utilizadas mais de 7.000 lâmpadas led PARATHOM® 8W da OSRAM.

Segundo Marcelo Romão, da Bonsom Eletrônica, organização responsável pelo projeto luminotécnico do hotel Windsor Atlântica, a qualidade e a credibilidade dos produtos OSRAM são dois fatores que se complementam e que sempre são lembrados em projetos de ponta. “Somente produtos genuínos de um fabricante consagrado como a OSRAM, que disponibiliza excelentes lâmpadas led e módulos de led, devem ser utilizados em projetos de grande porte”, afirma.

Fonte: Amanda Oliveira – www.revistaecotour.com.br

 

 

Hotel Fazenda Campo dos Sonhos

campo-dos-sonhos-aldeia-indigena- turismo_e_sustentabilidadeO Hotel Fazenda Campo dos Sonhos, localizado em Socorro, São Paulo, é ganhador entre outros prêmios do Prêmio Superação Organizaçãorial (Sebrae), Prêmio Sentidos (revista Sentidos, AVAPE, Instituto Ressoar, Rede Record de radio e Televisão), Selo Verde 2009 e 2010 (Guia 4 Rodas) e Hotel Sustentável do Ano 2011 (Guia 4 Rodas), estes prêmios, além de eventos como, por exemplo, a “Festa do Alambique do Hotel Fazenda Campo dos Sonhos, que ocorre todas as quartas-feiras, e inclui demonstração do processo de produção da cachaça, degustação de caipirinhas e moda de viola” são responsáveis por fazer o Hotel ter 22.500 resultados para a pesquisa “hotel fazenda campo dos sonhos” na busca do Google. (Consulta em 21/04/2011)

Dentre as varias ações sócio-ambientais do empreendimento podemos destacar uso de aquecimento solar, lâmpadas de baixo consumo, reciclagem, compostagem, incentivo da cultura local, adaptabilidade, educação ambiental para colaboradores, comunidade e clientes, dentre outros.

Oferecendo 100 leitos (18 apartamentos e cinco chalés, para quatro a oito pessoas), o Campo dos Sonhos tem uma taxa de ocupação média de 70% (a média no mercado é de 45% a 50%) e uma taxa de retorno de 20%. Essa segunda taxa é tão alta (há hotéis com 5% que já se sentem satisfeitos) que o proprietário do local criou o Programa Estrela, um projeto de fidelização, em que o cliente ganha descontos e brindes a cada retorno. Em alta temporada, o hotel chega a receber, entre hóspedes e visitantes, 4 mil pessoas por mês.

(Fonte: Release para imprensa, www.campodossonhos.com.br)

 

 

Site Hotelier News

 

midia-espontanea-hotelier-news-sustentabilidade-png

 

 

Veja outras dicas em nossas dicas da semana.

 

Veja mais sobre este e outros hotéis sustentáveis em nosso cadastro de hotéis sustentáveis.

 

Tem uma boa prática? Conte para nós.

 

 

Veja outras ações para implementar em seu empreendimento

 

Uso de lâmpadas econômicas

Instale dispenser de sabonete e shampoo em seu empreendimento

Sistema de chave cartão/eletrônica

Programa de reuso de toalhas

Aplicar conceitos de arquitetura sustentável

Isolamento térmico de telhados com Tetrapack

Como funcionam e para que servem os telhados verdes

Redutor de vazão para torneiras

Testes simples para verificar se há vazamento de água

Como fazer o tratamento de resíduos em seu empreendimento

Como realizar o tratamento natural de esgoto

O que fazer com os restos de sabonete usados

Como fazer produtos de limpeza naturais?

Como instalar e os custos de um sistema de captação de água de chuva

Como fazer e para que serve um relatório de sustentabilidade

Porque ter uma política de sustentabilidade para seu empreendimento

Bomba de Calor – Aquecimento de água através do calor do ar ambiente

Faça um guia da região e incentive a comunidade e a cultura local

Várias formas de reuso de materiais

 

Thiago Cagna – Consultor EcoHospedagem

 

Contribuíram com esta publicação

Revisão e edição de texto – Nathalia Pereira, Jornalista – www.nathaliapereira.com

 

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.