Melhores Práticas » Programa que troca resíduos por desconto na conta de luz completa 1 ano em SP e RS

Programa que troca resíduos por desconto na conta de luz completa 1 ano em SP e RS



 

A AES Eletropaulo, empresa do Grupo AES Brasil, desenvolve, desde Maio de 2013, o programa “Recicle Mais, Pague Menos”, projeto de troca de materiais recicláveis por descontos na conta de energia elétrica. Hoje o projeto já conta com 07 pontos de troca em São Paulo e 04 no Rio Grande do Sul e a previsão é só aumentar!

 

A meta para a cidade de São Paulo, em 2013, era arrecadar, no total, 200 toneladas de papel, plástico, metal e vidro, contando com o cadastramento de pelo menos 10 mil famílias e ter 04 pontos de coleta. Já para 2014 a meta é 1.620 toneladas, 10 pontos de coleta e 40 mil famílias cadastradas.

 

 

 

Como funciona

Com foco no desenvolvimento sustentável de comunidades, o “Recicle Mais, Pague Menos” conta com uma dinâmica simples e prática. De posse da última conta de energia elétrica, os interessados se cadastram em um dos pontos de coleta da AES Eletropaulo e recebem um cartão personalizado. Ao levar os resíduos separados para o local do container – que é feito de material reciclado da TetraPak –, o resíduo é pesado e precificado, de acordo com a tabela praticada pelo mercado de reciclagem, e a soma é registrada em um terminal eletrônico, que envia a informação para a distribuidora de energia.

 

Os participantes recebem na hora um comprovante com a quantia que será abatida na sua próxima conta de energia elétrica. Não há limite para o desconto – assim, se a pesagem dos resíduos superar o valor da “conta de luz”, por exemplo, o crédito restante vai virar desconto na fatura seguinte. O processo de recebimento, armazenamento e destinação do material coletado é realizado pela empresa Multilixo, especializada em reciclagem, e toda a atividade é supervisionada pela AES Eletropaulo.

 

Sobre a iniciativa

“O ‘Recicle Mais, pague Menos’ tem impacto positivo direto na renda dos clientes e insere na cadeia de reciclagem materiais que poderiam ser desperdiçados, na forma de lixo não reaproveitado, além de incentivar a prática da cidadania e o uso consciente de recursos naturais”, diz Paulo Camillo Penna, Vice-presidente de Relações Institucionais, Comunicação e Sustentabilidade da AES Brasil.

 

Segundo o executivo, o projeto simboliza os esforços do Grupo de “atuar como agente transformador, entendendo, atendendo e antecipando as necessidades de energia elétrica dos seus clientes, com soluções seguras e inovadoras para o desenvolvimento das comunidades nas quais estão presentes”. A ação é resultado do compromisso das empresas da AES Brasil com a sustentabilidade, que se tornou um elemento fundamental e intrínseco ao seu planejamento estratégico e gestão.

 

Projeto da AES Brasil começou no Rio Grande do Sul

O projeto piloto começou a operar no dia 20 de março de 2013 no bairro Mathias Velho, em Canoas, RS. Com o projeto Recicle Mais, Pague Menos, os clientes residenciais da área de concessão da AES Sul podem trocar resíduos recicláveis domésticos por créditos na conta de energia elétrica. Basta levar os resíduos como metal, papel, vidro e plástico até o posto de coleta, realizar um cadastro simples, utilizando o Código de Cliente e fazer a adesão ao projeto.

 

Os resíduos são pesados e o cliente receberá um ticket informando o valor a ser creditado na próxima fatura de energia elétrica. O projeto assegura um destino correto a esses resíduos, evitando que sejam depositados em aterros sanitários ou lixões, ao mesmo tempo em que incentiva e a geração de renda, reduzindo a conta elétrica do cliente. Hoje são quatro pontos de coletas na região.

 

Pontos de coleta em São Paulo

 

Águia de Haia (São Paulo capital): Av. Águia de Haia, 2636, no Assaí Atacadista

Horário de funcionamento: terça à sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h.

 

Guaianases (São Paulo Capital): Estrada Dom João Nery, 4.031, no Assaí Atacadista

Horário de funcionamento: terça à sábado, das 10h às 13h e das 14h às 17h.

 

Barueri (SP): Av. Marginal Direita (s/n), no Jardim Paulista, ao lado da UBS

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9h às 16h.

 

Heliópolis (São Paulo capital): Rua Coronel Silva Castro, altura do n° 202

Horário de funcionamento: segundas à sextas, das 9h às 16h horas.

 

São João Clímaco (São Paulo capital): Rua São João Clímaco esquina com a Rua Luís Abodanza

Horário de funcionamento: terças e quintas, das 9 às 16h. Aos sábados, das 9h às 12h30h.

 

Vila Guacuri (São Paulo capital): Rua Joaquim Forzano, em frente ao número 50

Horário de funcionamento: segunda à sexta, das 9h às 16h. Aos sábados das 9h às 12h30.

 

Jardim Patente (São Paulo capital): Av. Patente, 193, dentro do Condomínio Habitacional São Caetano*

Horário de funcionamento: segunda, quarta e sexta | 9h às 16h

*Acesso exclusivo para os moradores do condomínio.

 

 

Pontos de coleta no Rio Grande do Sul

Canoas

* Praça São Pio X: Av. Rio Grande do Sul, 400 – Bairro: Mathias Velho

*  Lar da Solidariedade (Casa Amarela): Rua XX, 166 – Bairro: Guajuviras

 

São Leopoldo

* Supermercado Rissul : Av Integração, 1383 – Bairro Feitoria

* Avenida Tomas Edison, 2598, bairro Scharlau – Junto ao supermercado Macromix

 

 

São Aceitos

Papel – papel branco, reciclado, cadernos sem espiral, papelão, cartolina, papel misto (papel de impressora, revistas, livros e impressos em geral).

Plástico – embalagens de alimentos, garrafas pet, embalagens de produtos de beleza e limpeza, baldes, bacias, bombonas, canos e tubos de PVC.

Metal – latas de refrigerante e cerveja, latas de alimentos, panela, aço inox, arames e embalagens de marmitex limpas.

Vidro – garrafas (refrigerante, cerveja, vinho, azeite), recipientes de vidro em geral (copos, potes, jarras, vidros inteiros), fragmentos e cacos desses mesmos itens, desde que estejam embalados em jornal.

Tetra Pak – caixas de suco, leite, molhos e conservas .

 

Não São Aceitos

Papel – fotografias, papéis sanitários, etiquetas e fitas adesivas, papéis metalizados ou plastificados (embalagens de salgadinhos, chocolates e bolachas), papéis engordurados e bituca de cigarro.

Plástico – copos, pratos e talheres descartáveis, embalagens de remédios, partes plásticas de veículos automotivos, eletrônicos e materiais de informática, fraldas e absorventes íntimos.

Metal – pilhas, baterias, eletrônicos, fios elétricos, cobre, veículos automotivos e materiais de informática.

Vidro – frascos de remédios e perfumes, lâmpadas, espelhos, vidro temperado (de carro, de box de banheiro ou de forno de micro-ondas), louças e refratários “pirex”, cerâmicas e porcelanas, óculos, cristais e tubo de televisores.

 

 

Veja mais sobre o projeto

 

Fonte: http://aesbrasilsustentabilidade.com.br/

 

 

Outras publicações relacionadas a reciclagem e reaproveitamento de resíduos

 

Veja para onde vai e o que é feito com o lixo reciclável coletado

Veja como o óleo de cozinha é transformado em sabão e outros produtos

Reciclagem de garrafas pet

O que fazer com os restos de sabonete usados

Como recolher e reciclar pilhas

Veja diferentes formas de reutilizar o que antes ia para o lixo

Obras de arte e reciclagem. Artesanato com garrafas, papelão, cones e outros

Os 5 “Rs” da reciclagem. É simples ajudar o planeta

 

 

Por Thiago Cagna – Consultor EcoHospedagem

 

Contribuíram com esta publicação

Revisão e edição de texto – Nathalia Pereira, Jornalista

 

 

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.