Roteiros de Turismo Rural no Mato Grosso

Roteiros de Turismo Rural no Mato Grosso




Confira outros roteiros de turismo sustentável em todos os estados do Brasil. Buscar por:

Estado ⇐                                   ⇒ Tipos de Turismo ⇐


 

Confira opções de Turismo Rural no Mato Grosso, região Centro-Oeste

 

 

44. Pantanal à Amazônia

 

85. Turismo Tecnológico

 

 

44. Pantanal à Amazônia – MT

Estado(s): Mato Grosso.Temas: Ecoturismo, Cultural, Experiência, Rural.

chapada_dos_guimaraes - Turismo Rural no Mato grosso

Chapada dos Guimarães – Mato Grosso

Mato Grosso é um Estado onde se pode sentir muita diferença por conta de sua geografia. Possui regiões e ecossistemas tão distintos que, às vezes, parece que se está em outro país. No cerrado é onde se encontram as nascentes dos rios formadores das bacias do Prata e Amazônica, e possui cenários incríveis com sua fauna e flora extremamente diversificadas. Já a Amazônia de terra firme mato-grossense caracteriza-se por sua flora composta de imensas árvores, rios e renomada biodiversidade. No Araguaia, pode-se desfrutar das mais belas praias de água doce e ter contato com lendas e mistérios da Serra do Roncador.

Ao iniciar a viagem por Cuiabá, o turista vai tendo noção do que vai encontrar. Mas é certo que qualquer um vai ficar surpreso com tanta riqueza natural e cultural. Em direção ao município de Nobres, que impressiona por suas grutas e cavernas, encontra-se também o Aquário Encantado e o transparente Rio Salobra. Mais adiante, a famosa Chapada dos Guimarães, com seu Lago Manso, a cabeceira do Rio Cuiabá, a cachoeira Véu de Noiva e um fantástico cânion.

 

Destinos deste roteiro

Cuiabá Cidade histórica, Cuiabá conserva inúmeros prédios históricos e foi cenário de grandes disputas territoriais, em especial na Guerra do Paraguai.

Paranaíta Paranaíta é formada por lindos rios, corredeiras e cachoeiras de uma beleza exuberante. Com a descoberta do ouro, chamou a atenção de gente de todas as regiões do País, que logo migraram para essa terra, com grande potencial turístico.

São José do Rio Claro São José do Rio Claro está na área de transição entre o Cerrado e a Floresta Amazônica, localizado ao Sul da Amazônia mato-grossense. Abriga as nascentes de importantes rios do Estado, como os rios Claro, Arinos, do Sangue e Ponte de Pedra. Nas trilhas, é inevitável o contato com a fauna e a flora. O Matrinxã, peixe nobre da Amazônia, é um dos mais atrativos da região.

Nobres Grutas, cavernas, poços e muita história estão guardados no cerrado da região de Nobres. São mais de 30 locais perfeitos para o mergulho, modalidade de esporte em expansão em Mato Grosso. Um dos lugares fantásticos de Nobres é a Lagoa Azul, outros pontos são a Lagoa Pai João e o Poço Dois de Maio. Entre as atrações estão a tribo dos índios Bakairi e a Reserva Yaporã. Na região de Rosário Oeste, existe a Caverna do Currupira, um cenário natural quase intocado.

Cáceres Localizada às margens do rio Paraguai, a cidade possui uma vocação muito grande para o turismo da pesca e do ecoturismo.

Poconé O Pantanal de Poconé possui grande diversidade cultural, paisagística e fauna exuberante, atraindo ecoturistas nacionais e internacionais. Os aspectos ambientais estão inseridos nos domínios do Pantanal e na sua transição com o cerrado. Ao visitar Poconé, não deixe de ir ao parque temático, repleto de opções de lazer, e confira as diversas espécies de plantas nativas da região.

Chapada dos Guimarães Uma das principais atrações do cerrado brasileiro, o Parque Nacional da Chapada dos Guimarães oferece uma ampla visão da planície pantaneira e muitas quedas de água. A cachoeira do Véu de Noiva é o cartão de visita da Chapada. O local também abriga 50 locais arqueológicos com pinturas rupestres e fósseis de animais pré-históricos.

Campo Verde Em Campo Verde a atração é a Fazenda Marabá, onde o cenário é a lavoura e o turista pode visitar a usina de algodão e conhecer o processo de industrialização. Outra atração é o beneficiamento de algodão em plumas. A piscicultura também é forte na região e vale a pena conhecer as propriedades industriais. O melhor do turismo tecnológico é que o visitante não é um mero espectador, ele pode interagir.

Dom Aquino O local abriga a maior fonte de água mineral do planeta. O turista conhece o Parque Industrial da Água Mineral Puríssima, na qual é possível ver todo o processo de produção dos recipientes, o envasamento, a limpeza e o reaproveitamento das embalagens retornáveis. Além disso, pode-se visitar a área de preservação mantida pela empresa no entorno do parque industrial e a fonte natural da água envasada.

Juscimeira O município de Juscimeira está à cerca 90 minutos de Cuiabá e fica sobre um dos maiores lençóis de água termal de Mato Grosso. Excelente destino para quem busca lazer aliado à saúde. Em toda a cidade, existem cerca de dez termas.

Rondonópolis O turismo de Rondonópolis é movimentado pelo agronegócio, mas o ecoturismo já surge como atração para o setor. O Parque Ecológico João Basso é formado por cachoeiras, grutas, inscrições rupestres e trilhas que levam à Cidade de Pedra. Há também uma série de cachoeiras e rios propícios para os amantes da boa pescaria, para a prática de esportes radicais ou simplesmente para contemplar a natureza exuberante do cerrado.

Diamantino Diamantino está num dos pontos de divisão das águas das Bacias Amazônica e Platina. Os principais atrativos da cidade são suas belas cachoeiras, como a Deciolândia, do Nobre, Frei Manoel, Quebra Canela e Boacaina. As águas seguem rumo ao Rio Paraguai, responsável pela formação e existência do Pantanal Mato-Grossense.

Barra do Garças Barra do Garças desponta como um futuro pólo Turístico de Mato Grosso. Serras com dezenas de cachoeiras, praias, rios, águas termais, aliados ao clima, topografia e altitude da cidade, possibilitam a oferta de várias modalidades esportivas como o vôo livre, paraglider, pára-quedismo e rapel, além de uma série de atividades desenvolvidas para proporcionar ao turista uma excelente estadia.

 

 

Ir Para Topo Da Página

 

 

85. Turismo Tecnológico – MT

Estado(s): Mato Grosso.Temas: Experiência, Rural.

cuiaba - Turismo Rural no Mato grosso

Cuiabá – Mato Grosso

Quem chega ao Vale do São Lourenço se depara com um novo segmento do turismo: o tecnológico. Lá o agronegócio e a agroindústria crescem vertiginosamente tanto no mercado nacional quanto no internacional. As principais cidades da região, Campo Verde e Dom Aquino, representam melhor esse segmento, com a tecnologia associada à agricultura e à indústria de água mineral.

Em Dom Aquino, 162 km de Cuiabá, o turista visita o Parque Industrial da Água Mineral Puríssima. O local é a maior fonte de água mineral do planeta. Lá é possível entender todo o processo de produção dos recipientes, o envasamento, a limpeza e o reaproveitamento das embalagens retornáveis. Pode-se visitar também a área de preservação mantida pela empresa no entorno do parque industrial e a fonte natural da água envasada.

A pouco mais de 30 km de Campo Verde, a atração é a Fazenda Marabá. Ali, o cenário é a lavoura e o turista visita a usina de algodão e conhece seu processo de industrialização. A piscicultura também é outro atrativo da região e vale a pena conhecer as propriedades industriais. Fique por dentro de todas estas tecnologias e entenda o porquê do Brasil ser um dos países expoentes nesse setor.

 

Destinos deste roteiro

Cuiabá Cidade histórica, Cuiabá conserva inúmeros prédios históricos e foi cenário de grandes disputas territoriais, em especial na Guerra do Paraguai.

Dom Aquino O local abriga a maior fonte de água mineral do planeta. O turista conhece o Parque Industrial da Água Mineral Puríssima, na qual é possível ver todo o processo de produção dos recipientes, o envasamento, a limpeza e o reaproveitamento das embalagens retornáveis. Além disso, pode-se visitar a área de preservação mantida pela empresa no entorno do parque industrial e a fonte natural da água envasada.

Campo Verde Em Campo Verde a atração é a Fazenda Marabá, onde o cenário é a lavoura e o turista pode visitar a usina de algodão e conhecer o processo de industrialização. Outra atração é o beneficiamento de algodão em plumas. A piscicultura também é forte na região e vale a pena conhecer as propriedades industriais. O melhor do turismo tecnológico é que o visitante não é um mero espectador, ele pode interagir.


 

Fonte: www.turismobrasil.gov.br

 

Ir Para Topo Da Página

 


Confira outros roteiros de turismo sustentável em todos os estados do Brasil. Buscar por:

Estado ⇐                                   ⇒ Tipos de Turismo ⇐


 

 

Confira opções de empreendimentos e as ações sustentáveis desenvolvidas por eles utilizando os links abaixo.

hotéis sustentáveis restaurantes sustentáveis
Meios de Hospedagem Restaurantes

 

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.