Temas Variados » Voo de Parapente em Balneário Camboriú

Voo de Parapente em Balneário Camboriú



voo-balneario-camboriu-sc-vista

 

Durante o ano de 2015 o Portal EcoHospedagem realizou o projeto “Na Rota da Sustentabilidade“, projeto em que visitamos as sete regiões mais turísticas do estado de Santa Catarina em busca de opções de turismo sustentável. Confira agora um dos passeios realizado por nós durante o projeto.

 

 

Voar de parapente no Morro do Careca, em Balneário Camboriú, uma experiência deliciosa de contato com a natureza

 

Para os que curtem adrenalina e estiverem em Balneário Camboriú ou Itajaí, vale a visita ao Morro do Careca para experimentar o voo livre.

O voo livre com parapente é uma opção de turismo sustentável por não usar nenhum tipo de combustível, proporcionar total contato com a natureza e não causar danos a ela, além de ser uma experiência única. Nesse passeio quem manda é a natureza! Pois além depender da destreza e experiência do piloto, se o vento não colaborar, a atividade não acontece.

E foi isso que aconteceu conosco, íamos saltar no sábado, mas o tempo não deixou. Uma nuvem imensa chegava ao Morro do Careca no momento que chegamos lá e logo a chuva caiu. Adiamos então para o dia seguinte, se as condições permitissem, é claro.

 

voo-balneario-camboriu-sc-morro-do-careca

 

No domingo o dia amanheceu lindo, céu azul, sol e vento, condições perfeitas para o voo. Depois de ter feito a trilha do Pico da Pedra (colocar link), nada melhor que relaxar voando e apreciando a vista da Praia Brava e de Balneário Camboriú lá do alto.

Os voos normalmente acontecem no período da tarde, pois é nesse período que as condições são seguras para a prática. Por volta de 13h a pista é aberta e começa a atividade.

Chegamos ao Morro do Careca por volta das 15h, o sol ainda estava forte e muita gente estava por lá tirando fotos da paisagem, pois além de ser uma área de decolagem para o voo de parapente o local é uma ótima opção de viewpoint. A estrutura conta com lanchonete, lojinha, banheiro e estacionamento, tudo administrado pela AMCA, Associação de Voo Livre Morro do Careca. E são eles que realizam os voos de instrução, como são chamados os voos duplos.

São oito pilotos/instrutores que se revezam para acompanhar os corajosos que procuram o voo. Quem me conduziu foi o piloto Rafael, mais conhecido como Goiaba, que tem mais de 20 anos de experiência.

Chegando ao deck, quem quer realizar o voo preenche e assina um contrato de prestação de serviço e termo de responsabilidade e aguarda o próximo piloto disponível. Eu nunca tinha feito nada muito radical e confesso que estava tranquila até chegar à área de decolagem. Ali meu coração acelerou!

 

Levantando voo

 

Assim que a área estava liberada, o Rafael começou a me passar as instruções e me posicionar com os equipamentos. A checagem do equipamento por parte do piloto e de quem o está auxiliando é muito importante. Apesar de ser um esporte de alto risco, o parapente tem baixa incidência de acidentes, pois o equipamento é altamente resistente e os pilotos sempre avaliam muito bem as condições do vento antes de começarem o voo.

De forma geral não existem restrições e é uma atividade acessível a todos, qualquer pessoa, a partir de 16 anos, com ou sem deficiência, pode realizar o voo, porém o peso pode ser um limitador dependendo das condições do vento. Se a pessoa for muito leve e o vento estiver muito forte pode não ser seguro, o oposto também acontece, se a pessoa for mais pesada e o vento estiver muito fraco o voo não é realizado. Isso tudo o Rafael me explicou enquanto realizava todo esse procedimento de checagem.

 

voo-balneario-camboriu-sc-parapente

 

Equipada, instruída e posicionada lá fui eu! A decolagem é o momento que precisamos estar mais atentos e concentrados nas orientações do piloto, mas foi bem tranquila, e em segundos já estávamos a 200 metros de altitude planando sobre o Morro do Careca, totalmente relaxada e curtindo a paisagem e a sensação.

A área do voo, autorizada pela Aeronáutica, é o entorno do morro, de onde conseguimos ver a Praia do Buraco e Balneário Camboriú de um lado e toda a Praia Brava, e até Navegante e Penha mais ao fundo, do outro lado.

Durante o voo o Rafael foi me contando uma pouco da sua experiência e sobre a prática do voo livre. Junto comigo mais duas pessoas também voavam e o Rafael me explicou que os pilotos seguem rotas pré-estabelecidas e conhecidas por todos os pilotos para que haja colisões.

Em média o voo dura 20 minutos, decola e retorna ao topo do morro, salvo se o vento mudar durante o voo, daí o pouso acontece na ponta da Praia Brava. E foi o que aconteceu conosco, durante o voo o vento diminuiu e nós pousamos na praia.

 

voo-balneario-camboriu-sc-nathalia

 

A sensação de voar é indescritível, por isso recomendo a todos que buscam uma opção de turismo sustentável na região e que tenham coragem que vivam essa experiência maravilhosa.

 

Valor do voo: R$ 250,00 (duração de 15 a 20 minutos)

 

Morro Do Careca – Rua Sérgio Millet, Balneário Camboriú

Contatos: (47) 9682-3159 – www.facebook.com/morro.docareca –[email protected]

 

Por Nathalia Cagna

 

 

Ir Para Topo Da Página

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.