Temas Variados » Trilha do Morro do Sapo – Blumenau

Trilha do Morro do Sapo – Blumenau



 

trilha-morro-do-sapo-blumenau-visual

 

Durante o ano de 2015 o Portal EcoHospedagem realizou o projeto “Na Rota da Sustentabilidade“, projeto em que visitamos as sete regiões mais turísticas do estado de Santa Catarina em busca de opções de turismo sustentável. Confira agora um dos passeios realizado por nós durante o projeto.

 

 

Muito verde, 4 hs de caminhada, ótimas companhias, muitas histórias e belas paisagens. Essa foi a trilha do Morro do Sapo, em Blumenau.

 

Iniciamos nossas visitas em busca de opções de turismo sustentável em Blumenau com uma atividade que nos deixou muito felizes. Além da atividade em si, que adoramos, o mais legal foi que recebemos o convite deste passeio de um morador da cidade, atingindo assim um dos objetivos do Na Rota, que é fazer o projeto de forma colaborativa, com a participação de outras pessoas.

 

Henrique, que é morador de Blumenau, sempre adorou fazer trilhas e, recentemente, fez um site para divulgar estas trilhas para outros leitores, o Terra Média Trekking. Mas na verdade a história começou com a namorada do Henrique, a Michelle, que viu uma matéria sobre o nosso projeto e falou para o namorado, e então ele entrou em contato conosco oferecendo-se para nos acompanhar em uma trilha na região de Blumenau.

 

O legal de contar com a companhia de um morador local é que além da companhia em si, ele tem dicas e saberes que não conseguiríamos encontrar apenas pesquisando na internet e por isso a ideia de fazer um projeto colaborativo, para descobrir aqueles lugares que só os locais conhecem.

 

Depois de alguns e-mails ficou combinado que faríamos a trilha do Morro do Sapo e no sábado, 08h00 da manhã, eu e a Nathalia nos encontramos com o Henrique, a Michelle e um amigo deles, o Luis Fernando (ou ladrão de filtro de câmera para os mais íntimos!) para o nosso passeio.

 

trilha-morro-do-sapo-blumenau-padaria

 

Inicio da trilha

 

Depois de um café da manhã reforçado (com pão com bolinho*, claro), nos dirigimos ao início da trilha. A trilha fica dentro do antigo Parque Municipal das Nascentes, hoje incorporado ao Parque Nacional da Serra do Itajaí, que é administrado pelo ICMBio. O Henrique nos ajudou e fez todo o trâmite burocrático (a autorização pode ser solicitada e recebida por e-mail ou pessoalmente).

 

  • Pão com bolinho é um lanche muito tradicional na cidade. Nada mais é do que um bolinho de carne moída dentro de um pão. Muito gostoso!

 

Chegando a entrada do parque estacionamos o carro em frente a guarita, entregamos as autorizações e partimos para a caminhada. O inicio da trilha do morro do sapo é beirando o rio, um belo visual, e logo começamos a subida. Apesar de o mirante ser alto (718 metros), a subida é longa (cerca de 2,5 hs), então não é muito íngreme. Um passeio bem tranquilo.

 

A trilha é quase totalmente feita em mata bem fechada, então o sol na cabeça não é um problema. Mas por estarmos no final do verão, a umidade estava bem elevada, o mato, em algumas partes, invadindo a trilha, e haviam alguns obstáculos no caminho. Mas isso é o que torna a trilha ainda mais legal.

 

trilha-morro-do-sapo-blumenau-trilha

 

Depois de percorrermos cerca de 30% da trilha chegamos a um pequeno riacho, que inclusive é um ótimo local para banho nos dias mais quentes. Para atravessar só com pé na água. Fizemos a trilha sem pressa, batendo papo, conhecendo as histórias de cada um.

 

Cerca de duas horas e meia depois, um riacho e três grandes árvores no caminho, chegamos ao cume, de onde é possível ver parte da cidade de Blumenau e vários picos da região, que inclusive podem ser alcançados por trilhas.

 

Ponto mais alto

 

Lá no alto, uma paradinha para um lanche e descanso, uma picada de vespa de presente para os três meninos (que inventaram de subir na plataforma ao lado de uma árvore cheia dos insetinhos), algumas fotos e um tempo para simplesmente ouvir o riacho lá em baixo e começamos a descida.

 

trilha-morro-do-sapo-blumenau-visual

 

Como a descida é sempre mais tranquila, cerca de 2 horas depois estávamos de volta a guarita.

 

O passeio foi muito bom! A trilha do morro do sapo, apesar de longa, não é difícil, a mata é muito conservada, e a vista lá do alto muito bonita. A companhia de novos amigos foi o diferencial, e fez a trilha ficar ainda melhor.

 

Sugestão para os que forem se aventurar é usar um tênis apropriado para trilha, levar um lanche e uns 700 ml de água por pessoa, no mínimo. Repelente, sempre fundamental, e protetor solar, apesar 90% da trilha ser por mata fechada.

 

Finalizo com um agradecimento especial ao Henrique, a Michelle e ao Luis Fernando pelo companhia. E fica a sugestão e convite para aqueles que buscam uma opção de turismo diferente em Blumenau.

 

Um passeio de contato total com a natureza, com atividade física e muito verde! E para quem preferir fazer acompanhado de um profissional das montanhas, segue o contato do Henrique.

 

Confira o relato do Henrique sobre a nossa trilha!

 

Terra Média Trekking

 

Email: [email protected]gmail.com 

Website: tmtrekking.wordpress.com

Facebook: www.facebook.com/tmtrekking

 

Parque Nacional da Serra do Itajaí

Telefone: (47) 3326-1527

Email: [email protected]

 

 

Por Thiago Cagna

 

 

Ir Para Topo Da Página

Deixe seu comentário também!

Comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.